Tendência

12 de janeiro de 2016

Cadeia Pública registra maior fuga da história do RN

Presos cavaram túnel que ia até o Complexo Penal Doutor João Chaves; direção ainda não sabe quantos fugiram


A fuga de presos na madrugada desta terça-feira (12), em Natal, foi a maior da história do Rio Grande do Norte. Após a recontagem dos detentos, a direção da Cadeia Pública de Natal (presídio Raimundo Nonato) confirmou que 46 presos deixaram a unidade. Sete foram recapturados.


Segundo a diretora da unidade, Dinorá Simas, todos os presos cumpriam pena em regime fechado e usaram um túnel que passava por baixo do complexo penal João Chaves, que fica ao lado da unidade prisional. De lá, os detentos foram às ruas e se dispersaram.


De acordo com informações de policiais militares que atuaram na busca pelos detentos, vários presos foram vistos nas ruas nas imediações do presídio por volta das 3h, fugindo em táxis ou a pé. Alguns detentos deixaram para trás o fardamento usado na unidade.
Atualmente, 12 agentes fazem a custódia de 430 detentos na unidade prisional.

História

Antes da fuga da manhã de hoje, a maior havia sido no presídio Rogério Coutinho Madruga, o pavilhão 5 de Alcaçuz, quando 41 detentos deixaram a unidade em 2012. Alcaçuz, inclusive, chegou a registrar outras duas grandes fugas em 2015, ambas em abril. No dia 6, 32 detentos escaparam, enquanto outros 35 fugiram no dia 22.

No ano 2000, o assaltante Valdetário Carneiro e seu bando também conseguiram escapar de Alcaçuz, com 29 detentos deixando a unidade. Até 2012, essa havia sido a maior fuga em um presídio do Rio Grande do Norte.



Fonte: Tribuna do Norte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Modelo Editado Por: Yago Design (84) 9.9634-6218 - Designed: - Blog do Evando Lima Atualizado Todos os Dias